internet instável

6 motivos por trás de uma internet instável: como resolver o problema?

Uma das principais reclamações dos usuários sobre os provedores diz respeito às instabilidades ocorridas no dia a dia. Afinal todos nós precisamos de uma boa conexão, seja para trabalho ou lazer.

Há uma série de razões para que isso aconteça e é importante que você saiba identificar cada uma delas. Assim, pode procurar as melhores soluções e evitar problemas futuros. Além disso, ninguém quer ficar perdendo tempo e passando raiva com internet, não é mesmo?

Confira, a seguir, os 6 principais motivos que podem deixar a internet instável e tire suas dúvidas sobre o tema. Boa leitura!

1. Conexão sobrecarregada

Se há muitas pessoas utilizando a internet ao mesmo tempo e a velocidade de conexão não supre essa demanda, haverá, ao longo do dia, uma série de instabilidades em sua rede.

Por exemplo, uma rede de 35 Mb para uso contínuo de streaming e jogos para mais de 10 dispositivos conectados ao mesmo tempo irá com certeza apresentar lentidão e quedas.

2. Velocidade de download

Para conseguir realizar um grande número de downloads você irá consumir muito de sua banda, e o tráfego congestionando a banda pode levar a instabilidades na sua conexão. Por exemplo: caso esteja realizando o download de muitos arquivos pesados – como fotos em alta resolução, filmes ou músicas o ideal é que espere um processo terminar para que comece outro.

Caso realize mais de um processo de download por vez sua conexão poderá apresentar instabilidades.

Powered by Rock Convert

3. Velocidade de upload

Alguns modelos de internet são mais lentos para o envio de arquivos, dependendo do tipo de conexão. É o caso das conexões ADSL e a rádio, por exemplo. Se você normalmente usa mais sua internet para subir arquivos para a rede, como postar vídeos e fotos em redes sociais e plataformas como o YouTube, sentirá lentidão.

4. Traffic shaping

O traffic shaping é uma prática realizada por empresas de internet antiéticas, prejudicando o uso da rede. É uma forma de modelagem que restringe, deliberadamente, a velocidade de navegação e é feito com o propósito de evitar o congestionamento da rede, ou seja, para que o consumo de todos os usuários não seja maior que a disponibilidade do provedor e podem ocorrer de forma direta ou indireta.

5. Causas naturais

Algo bastante comum nas conexões suscetíveis a intempéries é que o sinal sofra interferências devido a chuvas, ventos ou outros fatores naturais. É uma tendência recorrente nas conexões via rádio ou satélite, mas algumas conexões ADSL também podem sofrer um pouco com esse tipo fator.

6. Vírus

A presença de vírus pode causar uma maior lentidão no sistema, principalmente devido à atividade do código malicioso. Por exemplo, se a função dele é monitorar o que o usuário faz em sua máquina, sua banda estará constantemente sendo utilizada para o envio das informações, o que poderá gerar instabilidade.

Algumas dicas para solucionar a questão são:

  • mantenha seu antivírus atualizado;
  • escolha tipos de conexões que não são suscetíveis a fatores naturais;
  • contrate um pacote de internet que alcance uma velocidade adequada para suas necessidades;
  • observe quantas pessoas fazem uso constante da conexão de rede em sua residência.

Uma internet instável pode ser consequência de uma série de motivos. Por isso, é importante que o usuário saiba identificar o que está acontecendo e entre em contato com um provedor para entender o que poder ser feito para resolver o problema.

Ficou alguma dúvida sobre o tema? Deixe sua questão nos comentários!

Receba conteúdos exclusivos da Cabonnet no seu e-mail!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.