internet na tv

Internet na TV: guia completo para fazer essa conexão

A internet se tornou um item cada vez mais presente e indispensável a todas as atividades do nosso dia a dia, seja na esfera pessoal ou nas corporações. Hoje, contar com uma conexão estável e de qualidade é requisito básico para aproveitar as melhores experiências.

Ter internet na TV, por exemplo, revolucionou não somente as formas de entretenimento, mas também o modo das pessoas consumirem informações. A tendência de gadgets alinhados com o mundo virtual já mostrou que veio para ficar. E conhecer tudo que o mercado oferece nessa área será decisivo ao fazer boas escolhas.

Você sabe como conectar seu televisor à web? Neste guia completo, vou solucionar as principais dúvidas sobre o assunto. Continue a leitura e confira!

O que é Smart TV e como a internet funciona nela?

Falei várias vezes dela, mas você sabe o que é uma Smart TV? Em uma tradução livre do inglês, as Smart TVs são televisores inteligentes, que conseguem se integrar ao conteúdo da internet. Presentes há algum tempo no mercado, esses dispositivos oferecem diretamente nas suas telas conteúdos interativos disponíveis na web, a exemplo de jogos, aplicativos, produtos on-demand etc.

Nesta categoria, a forma de acesso pode variar de acordo com a marca e modelo do equipamento. Algumas delas limitam o acesso a sites parceiros e determinados aplicativos, por exemplo. Outras já são mais flexíveis, com uma navegabilidade bem semelhante à de um computador ou smartphone.

Como existe um vasto leque desse produto no mercado, com diferentes tipos de configuração, antes de adquirir uma Smart TV é fundamental conferir todas as suas funções e analisar qual atende melhor às suas necessidades. Um exemplo clássico de recurso que chama atenção nesses dispositivos é a possibilidade de acesso ao catálogo da Netflix ou Amazon Prime Video.

Para que a internet funcione nas Smart TVs, entretanto, é essencial contar com uma boa velocidade de rede, pois os serviços disponíveis nesses aparelhos são de alto desempenho. Nesse contexto, a internet por fibra optica é uma das soluções mais eficientes que estão disponíveis no mercado atual.

Também é importante saber que, mais do que escolher o aparelho ideal, há a necessidade de contratar o provedor de internet certo. Por fim, são três as formas de conectividade presentes no universo das Smart TVs. Veja só!

Smart TV com Wi-fi integrado

É o modelo em que o televisor já vem configurado para capturar sinais de internet sem fio — ele não depende de cabos ou adaptadores ao acessar a web. Produtos com mais funcionalidades têm um preço maior e com as Smart TVs não é diferente, logo, o Wi-Fi integrado pesa no valor total do investimento.

Smart TV com acesso a cabo

O cabo RJ45 foi o primeiro tipo de conexão integrado às TVs inteligentes. Por meio dele elas interagiam com o mundo on-line. Seu processo é semelhante ao dos computadores de mesa e o custo é relativamente baixo se comparado aos modelos que não usam fios.

Smart TV com Wi-Fi ready

O Wi-Fi ready é um adaptador externo e adquirido separadamente. Também chamada de dongle ou hardlock, essa ferramenta se conecta à TV por meio de uma porta USB. É o caso do Google Chromecast e do Amazon Fire TV Stick, que citei anteriormente.

Quais são os benefícios de ter uma Smart TV?

A Smart TV é uma evolução dos televisores tradicionais que incorporou várias inovações tecnológicas, dentre elas o acesso à internet. Quando falamos em benefícios de se ter um equipamento desses, a alta qualidade de imagem e som é um ponto que merece destaque.

Atualmente podemos encontrar Smart TVs com três tipos de resolução: 

  • HD (High Definition): tecnologia que chegou ao mercado com as TVs de tela fina. Seus 1366×720 pixels em uma tela 16:9 representaram um grande salto de definição em relação às TVs de tubo;
  • Full HD: na busca por uma definição ainda melhor, as empresas desse segmento desenvolveram a resolução Full HD, com o dobro da capacidade de pixels — 1920×1080;
  • 4K: também conhecida como Ultra HD, essa resolução entrega uma imagem de qualidade quatro vezes maior, de 3840×2160 pixels. Outro aspecto interessante é que, quanto maior a tela 4K, melhor a riqueza de detalhes.

A versatilidade na conexão é outra característica positiva das Smart TVs. Isso porque elas oferecem acesso à internet via wi-fi ou cabo, isto é, o usuário tem várias possibilidades e vai optar pela alternativa que melhor se encaixa às características de uso.

A aptidão de interagir com diferentes aparelhos — smartphones, tablets, notebooks e videogames — também está entre os elementos-chave de uma TV inteligente. Isso pode gerar experiências únicas aos consumidores. Espelhar fotos, vídeos e outros arquivos que se encontram no celular diretamente na tela da TV é uma delas.

Também estão entre seus benefícios o acesso a aplicativos de streaming, como Netflix, Amazon Prime Video, Spotify, Deezer e YouTube. Maratonar suas séries favoritas ou ouvir aquela playlist especial nunca mais será a mesma coisa depois das Smart TVs!

Já imaginou fazer uma videoconferência de trabalho pela TV? Pois bem, muito aparelhos vêm de fábrica com uma câmera integrada ou suportam a adição desse dispositivo. Esse é um recurso que pode ajudar, inclusive, na transição dos escritórios ao home office.

E que tal assistir a filmes em 3D? Com as TVs inteligentes você não precisa ir ao cinema para ter acesso a essa tecnologia. Há modelos que já oferecem esse tipo de serviço e são vendidos com os óculos especiais inclusos.

Contar com internet na televisão é sinônimo de conforto e qualidade de vida, concorda? Para enriquecer ainda mais a ideia, você também pode aproveitar as vantagens da TV a cabo e complementar o seu entretenimento. Atualmente, empresas desse segmento trabalham com pacotes flexíveis — os clientes têm a alternativa de montar seus próprios combos de internet e contratar serviços adicionais.

Como saber se minha TV acessa a internet?

Com o avanço da tecnologia, muitos programas e recursos passaram a incorporar aplicabilidades da internet ao seu funcionamento — e o setor televisivo foi um deles. 

Hoje, encontramos um vasto leque de TVs modernas no mercado, com diferentes tipos de telas e funcionalidades. Mas será que todas elas se conectam à web? Para saber se a sua TV é realmente Smart e tem acesso à internet, o primeiro passo é acessar as configurações do equipamento e verificar a conexão.

Outra característica básica de uma Smart TV é a possibilidade de interação com dispositivos via cabo ou Bluetooth, por exemplo. Isso também pode ser verificado nas configurações ou no seu manual.

O ideal é fazer uma pesquisa de mercado antes de adquirir um aparelho compatível com a internet. Preferencialmente, esclareça suas dúvidas com profissionais que entendem do assunto. Afinal, trata-se de um investimento relativamente alto, não é mesmo?

A segurança da escolha também é construída a partir da leitura das características e informações técnicas contidas no manual. Esse é um passo fundamental a quem quer se modernizar sem ter dores de cabeça ou prejuízos financeiros. Afinal, a melhor Smart TV é aquela que mais se encaixa ao perfil de utilização do seu usuário.

Quando é possível conectar a internet na TV?

Para quem já possui uma Smart TV, a conexão com a internet acontece de maneira bem simples. O mais comum é que o processo seja feito por meio de uma rede Wi-Fi, mas existe ainda a possibilidade de ligar o televisor diretamente no roteador, via cabo Ethernet — neste caso, o desempenho na transferência de dados é maior.

Outra situação corriqueira quando há o uso de Wi-Fi é a perda da qualidade do sinal em cômodos mais distantes do roteador. Para contornar esse obstáculo e aproveitar todas as funções da sua Smart a dica é utilizar um aparelho chamado repetidor. Assim não será preciso nenhuma instalação adicional ou cabos.

Agora, se sua TV é mais antiga, saiba que ainda assim é possível estabelecer uma conexão com a internet com o auxílio de alguns aparelhos ou alternativas específicas, tais como:

  • Google Chromecast;
  • Amazon Fire TV Stick;
  • consoles de videogame;
  • cabo HDMI e VGA.

Independentemente do caminho escolhido ou disponível, a segurança para usar a internet é um requisito que merece a atenção dos usuários. Afinal, uma vez conectados à rede mundial de computadores, os aparelhos de TV também ficam sujeitos a ações mal-intencionadas.

Quais são as formas de conectividade?

Sem uma boa taxa de transferência de dados, não há como usufruir das funções da sua Smart TV. Nesse sentido, a internet de fibra óptica é o que há de mais potente e moderno na atualidade, mas vejamos as principais formas de conectividade das Smart TVs.

Wi-Fi

Para quem não sabe como funciona a conexão Wi-Fi, o padrão Wireless é bastante conhecido por funcionar sem a presença de fios. A característica é bem atrativa, pois contribui com a estética do ambiente e também viabiliza situações em que o aparelho se encontra longe do roteador.

Ainda posso mencionar que a configuração desse tipo de rede em TVs modernas é simples. Estão disponíveis no mercado modelos que cabem em diferentes orçamentos. Portanto, trata-se de uma solução bem acessível!

Repetidor 

É uma ferramenta muito útil em TVs instaladas em quartos ou outros pontos da casa que estão mais distantes do acesso principal. Até porque, as paredes dificultam a transmissão do sinal.

Powered by Rock Convert

Os repetidores têm a função de estender o alcance do Wi-Fi emitido pelo roteador. Em outras palavras, ele recebe o sinal e cria uma nova rede. A estratégia é vantajosa, porque gera bons resultados e não tem custos elevados — um repetidor pode ser encontrado no mercado com preços em torno de R$ 75,00 a R$ 200,00.

Por fim, vale lembrar que os repetidores funcionam sem a necessidade de cabos, o que o torna um recurso bastante prático.

Roteador mesh

O roteador mesh é uma ferramenta inteligente que, além de emitir o sinal como se fosse o próprio roteador principal, também tem a capacidade de destinar a banda de acordo com a demanda dos aparelhos. Se uma Smart TV depende de grande quantidade de internet, por exemplo, uma boa parte do sinal será enviada para ela.

No que diz respeito à instalação, o roteador mesh deve ficar ao lado do televisor e conectado a ele por meio de um cabo Ethernet. O único aspecto menos atrativo desse equipamento é o seu preço, que costuma ser um pouco elevado.

Cabo Ethernet

Utilizar o cabo Ethernet para estabelecer a conexão do aparelho de TV com uma rede significa que, provavelmente, você terá a melhor taxa de transferência de dados possível. Isso porque a conexão por cabo é naturalmente mais estável — ela não sofre oscilações de fatores externos, como o sinal Wi-Fi. Portanto, seguramente é a opção mais vantajosa em termos de constância e velocidade.

Outro aspecto em que seu uso pode fazer a diferença é na transmissão de streamings com alta definição (4K ou Full HD, por exemplo). Afinal de contas, sua estabilidade evita a perda de qualidade e travamentos enquanto o vídeo é carregado.

A simplicidade do processo também é um elemento-chave na escolha desse tipo de conexão. Para ter internet na TV basta conectar o cabo a ela. Não precisa de nenhuma configuração adicional, nem mesmo a criação de uma senha, como na rede Wireless.

Qual é o passo a passo para acessar a internet pela TV?

Geralmente, unir a TV à internet é bem simples. Tudo começa na área de configurações do aparelho, mais precisamente no ícone de rede. Então, o usuário deve escolher o Wi-Fi em que deseja conectar o seu aparelho e digitar a senha correspondente, se for o caso.

Se você não encontrou nada semelhante na sua Smart, procure na área do menu uma pasta ou aba denominada “configurações de rede”, realize a conexão e pronto! Já é possível utilizar aplicativos e demais funções que dependem da internet em sua TV.

Lembrando que essas são as etapas mais comuns. Porém, isso pode sofrer variações de um aparelho para outro. Na dúvida, sempre recorra ao manual, está bem?

Posso acessar a internet em uma TV que não é Smart?

Se você deseja usufruir de todos os recursos que a internet oferece às TVs, mas não tem um aparelho Smart, a questão pode ser facilmente resolvida sem a necessidade de comprar um televisor novo — dá para navegar tranquilamente pela internet mesmo nas televisões mais antigas. Quer ver só? A seguir eu explico as melhores alternativas!

Cabos HDMI e VGA

Para quem procura um caminho fácil de colocar internet na TV, os cabos HDMI e VGA são as soluções mais indicadas. O segredo é conectar uma saída do cabo no notebook e a outra ponta na televisão. Assim, tudo que passar na tela do computador também será espelhado na TV.

O cabo VGA é o instrumento utilizado em notebooks mais antigos, que também exigem um adaptador de som. Já o HDMI atende aos modelos mais novos e transmite sons e imagens por esse único cabo. Aqui, toda a navegação é feita pelo mouse e teclado do computador, o que pode deixar a experiência meio desconfortável, tendo em vista que a TV normalmente fica um pouco afastada do sofá.

Imagine que você esteja acompanhando um vídeo no YouTube e no meio da transmissão aparece um anúncio. Não é nada agradável ter que se levantar sempre que propagandas e outras janelas indesejadas aparecem, não é verdade? A sugestão, nesse caso, é apostar em um mouse sem fio!

Dongles

Lembra que expliquei o conceito da Smart TV com Wi-Fi ready? Aqui, podemos utilizar os dongles, como é o caso do Chromecast. Este, especificamente, é o dispositivo responsável por espelhar o conteúdo dos smartphones ou notebooks na tela da TV. Desenvolvido pela Google, o aparelho que mais parece um pendrive depende da rede Wi-fi para fazer a sua mágica acontecer. 

Além disso, tanto o Chromecast quanto o televisor e o dispositivo de transmissão devem compartilhar a mesma rede. Inclusive, outros gadgets que estiverem conectados ao mesmo Wi-Fi também podem transferir conteúdos para a TV.

Um ponto positivo do Chromecast é o preço. Hoje, com aproximadamente R$ 160,00 é possível adquirir um aparelho de ótima qualidade. Também vale a pena conhecer o Amazon Fire TV Stick, que custa em torno de R$ 250,00, e escolher a opção que mais agrada.

Antes de investir em qualquer produto, é essencial pesquisar com antecedência as suas funcionalidades, analisar as avaliações de quem já utilizou e, se possível, consultar um profissional com expertise no assunto. Afinal, nem sempre a ferramenta mais cara é aquela que vai satisfazer com o resultado esperado, concorda?

Videogame

Com a incorporação da internet nos videogames, não foram apenas jogos on-line e virtuais que se tornaram uma realidade. Hoje, existe a opção de instalar aplicativos nesses aparelhos, como YouTube e Netflix. Mas, além disso, o consumidor também pode aproveitar o seu console a fim de utilizar a internet na TV.

Para tanto, basta ligar o videogame normalmente, conforme as instruções de cada equipamento, e, em vez de selecionar o jogo, escolher um dos aplicativos. Os principais aparelhos que oferecem acesso à internet e usabilidade de apps são: Xbox One ou 360 e Playstation 3 e 4.

Posso acessar a internet em uma TV antiga?

Uma dúvida frequente é se mesmo as TVs mais antigas (aquelas de tubo) podem ser conectadas à internet. E a resposta é sim! Elas vão funcionar basicamente com as mesmas alternativas dos televisores que não são Smart, com exceção do Chromecast e outros dongles. Nesse caso, videogame e ligação direta com um computador por meio de cabos são as estratégias mais eficientes.

Vale a pena adquirir uma Smart TV?

Com certeza! Para quem já está habituado com as plataformas de streaming e acompanha canais no Youtube, por exemplo, uma Smart TV vai tornar sua rotina ainda mais simples e agradável — sem deixar de mencionar a alta definição da imagem e som.

Além disso, a tendência é que essa seja a forma dominante de consumo de conteúdos. Portanto, é uma questão de tempo para que o público de um modo geral adquira esse tipo de aparelho. A melhor dica de uma compra consciente é pesquisar bastante todos os modelos, comparar as marcas e descobrir a que se encaixa ao seu perfil.

Quais os principais modelos de Smart TVs disponíveis?

Se você está ponderando sobre a compra de uma Smart TV, acompanhe a seguir algumas das opções mais comuns encontradas no mercado. Vamos lá!

Samsung

É uma das marcas pioneiras nessa área e está posicionada entre as principais fabricantes de Smart TV no mundo. Os produtos da Samsung têm valores bem diversificados. Quanto maior for o tamanho da tela desejada, mais o consumidor terá de desembolsar para adquiri-la.

Sony

Outra gigante no universo dos televisores, a Sony se destaca no quesito qualidade — oferece a resolução 4K e uma potência de 65 W nos alto-falantes. As Smart TVs da Sony ainda permitem, por exemplo, que os usuários tenham acesso aos jogos do PlaySatation 3 sem a necessidade de comprar o aparelho.

LG

As TVs inteligentes da LG chamam a atenção pelo preço relativamente baixo em comparação com outras marcas. A partir de R$ 2.000,00 os potenciais compradores já conseguem adquirir um equipamento de 42 polegadas. As integrações oferecidas são semelhantes às da concorrência, porém, um aspecto negativo é que a marca coleciona reclamações na internet.

Set-top boxes

Os set-top boxes não são propriamente uma TV, mas sim um dispositivo que dá aos aparelhos antigos o poder de se transformar em smart. Sua principal função é viabilizar o acesso a filmes e séries presentes nas plataformas de streaming.

Eles também apresentam um sintonizador de TV digital, com canais fechados e abertos, além de uma entrada USB, que possibilita rodar conteúdos a partir de um pendrive. A Apple TV e a Fire TV são bons exemplos de set-top boxes

Um aspecto importante para quem está planejando comprar uma Smart TV é focar em aparelhos atualizados e que contem com funções que atendam às suas expectativas. Lembre-se também de verificar as garantias oferecidas, porque isso ajuda a evitar dores de cabeça e frustração com o produto.

O recurso de internet na TV já é uma realidade e, felizmente, tem uma boa acessibilidade para beneficiar os mais variados gostos e orçamentos. E mesmo quem não possui uma Smart TV pode usufruir das inovações tecnológicas, você viu? A capacidade da rede, no entanto, é a peça-chave de um desempenho satisfatório. Então, escolha uma boa provedora de internet, como a Cabonnet, combinado?

Gostou do artigo? Agora que você já sabe como usufruir das experiências da internet em qualquer tipo de TV, aproveite para dividir esse conhecimento com seus amigos. Compartilhe este material nas suas redes sociais!

Receba conteúdos exclusivos da Cabonnet no seu e-mail!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.